Os Dois

Às Vezes Banco

Montagem para palco com 40 minutos de duração, três bailarinos, 200 bancos plásticos e vídeos de Hilton Berredo. Estreou em 2004.

“Às Vezes Banco” é o encontro coreográfico de bailarinos e bancos plásticos, usados como agentes alteradores de movimentos e geradores de significados. Bancos que inspiram mais que uma coreografia do sentar quando são vestidos ou contorcidos. “Às Vezes Banco” confunde as linhas que separam o objeto do corpo ao propor uma parceria entre bancos e bailarinos.

« volta