Os Dois

Oãfarrag

Oãfarrag é uma coreografia com quatro bailarinos e 64 garrafões vazios de 20 litros de água mineral. Estreou em 2008.

Uma dança banhada de videografismos  aludindo a situações inusitadas num alegórico mundo da água engarrafada. O desafio é lançar um olhar plástico e poético sobre questões ambientais.

Os bailarinos desenvolvem uma movimentação que tem fontes na arte da dança tanto quanto na vida cotidiana: é maquinal, funcional, dançada, surpreendente, banal. Giselda Fernandes criar uma ‘coreografia da função inútil’ onde corpos e garrafões geram movimentos inusitados como ‘tarantulear’.

« volta