Os Dois

PiaçaVa

Piaçava é uma dança criada para performance em rua com sete corpos e vinte e uma vassouras (de piaçava) interagindo no espaço urbano. 

A coreografia pretende ir além do caráter político mais comumente associado a esses objetos no contexto da cidade. A coreógrafa usa de movimentos onde bailarinos e vassouras se entrelaçam para criar uma imagem de máquina disfuncional - muitas vassouras e corpos empenhados em tarefas que não as de varrer ruas. Piaçava investiga os sentidos que o público pode dar a essa figura.

Como em outros trabalhos de Giselda Fernandes, em Piaçava a base da dramaturgia e da criação de movimentos é a relação dos bailarinos com objetos do cotidiano. Relação que a coreógrafa denomina de "objeto-partner", onde os movimentos se desprendem da função original do objeto, podendo ser livremente colados em seqüências de "funções inúteis".

« volta